Pastas dentais clareadoras realmente funcionam?

Pastas dentais clareadoras realmente funcionam?

11 de abril de 2022

O clareamento dental é um método conservador e eficaz para clarear dentes escurecidos e tem sido praticado na Odontologia há muitos séculos. Atualmente, muitos produtos em várias concentrações e diferentes técnicas estão disponíveis para realizar o clareamento dental, desde o clareamento caseiro com moldeiras personalizadas ao clareamento de consultório supervisionado.

Cremes dentais clareadores

Diversas empresas desenvolveram cremes dentais clareadores, considerados uma alternativa aos procedimentos de clareamento caseiro ou de consultório, e que prometem resultados clareadores em 2 a 4 semanas. Esses cremes dentais oferecem métodos de clareamento cada vez mais simples e menos dispendiosos para aqueles que desejam ter dentes mais brancos.

Muitos desses cremes dentais clareadores contêm peróxido de hidrogênio, enquanto outros contêm componentes abrasivos, que promovem a remoção de manchas extrínsecas.

Uma revisão sistemática avaliou se os dentifrícios clareadores promovem o clareamento dental quando comparados ao uso de dentifrícios não clareadores e as evidências sugeriram que os dentifrícios clareadores têm potencial no clareamento dental, no entanto os estudos incluídos na revisão não realizaram comparação com o clareamento caseiro ou de consultório.

Um estudo clínico avaliou a eficiência do clareamento e a satisfação do paciente após o uso de cremes dentais comercialmente disponíveis com os diferentes ingredientes clareadores e observou que os cremes dentais branqueadores mostraram um efeito clareador perceptível após um curto período de uso, mas sem um impacto duradouro. Além disso, já foi demonstrado, em um recente estudo clínico randomizado, não haver diferenças significativas na eficácia do clareamento entre os dentifrícios clareadores e convencionais, e, quando comparados ao clareamento caseiro com moldeiras, nenhum dos dentifrícios foi tão eficaz. A pasta de dente à base de sílica contendo covarina azul avaliada neste estudo não proporcionou benefícios significativos de clareamento dental ao longo de 2 semanas de uso.

Como agem as pastas dentais clareadoras?

O mecanismo dos cremes dentais clareadores é baseado na presença de ingredientes ativos, como proteases, que ajudam a degradar a película manchada; agentes oxidantes (água oxigenada e clorito de sódio) capazes de penetrar nos dentes e ajudar a remover manchas extrínsecas; e compostos à base de fosfato, como pirofosfato, tripolifosfato e hexametafosfato, que deslocam ânions ou macromoléculas carregadas negativamente associadas à película adquirida do esmalte.

Restaurações de resina clareiam com pastas dentais clareadoras?

Um recente estudo comparou os efeitos de alguns dentifrícios clareadores na rugosidade superficial e suscetibilidade à coloração de uma resina composta, bem como sua eficácia clareadora. Foi demonstrado que a escovação eficaz é mais importante do que o dentifrício empregado em termos de eficácia clareadora, e que os dentifrícios investigados não exercem efeitos negativos em termos de rugosidade superficial e suscetibilidade à coloração da resina composta. Concluiu-se que não é necessário que o dentifrício seja clareador para que haja remoção de manchas nas restaurações de resina.

Que outros efeitos as pastas clareadoras provocam nos dentes?

Embora os cremes dentais branqueadores normalmente possam clarear a cor dos dentes em cerca de um ou dois tons, há algumas evidências que mostram que esses cremes dentais também afetam o conteúdo mineral dos dentes, aumentando a rugosidade da superfície e reduzindo a microdureza.

Também já foi demonstrado que alguns cremes dentais clareadores aumentam o desgaste da dentina erodida, ou seja, que sofreu erosão, o que deve ser considerado pelo dentista ao prescrever esse tipo de pasta ao paciente que possui exposição radicular.

O que se pode concluir?

As pastas dentais clareadoras parecem remover manchas de origem superficial e ter um efeito clareador a curto prazo, porém menos efetivo que os procedimentos clareadores convencionais (caseiro ou de consultório). No entanto, também podem aumentar a rugosidade superficial do esmalte dental e aumentar o desgaste da dentina erodida. Portanto, os profissionais da Odontologia precisam educar seus pacientes para serem cautelosos quanto ao uso prolongado de creme dental clareador de uso doméstico.

Referências: 1. Casado BGS, Moraes SLD, Souza GFM, Guerra CMF, Souto-Maior JR, Lemos CAA, Vasconcelos BCE, Pellizzer EP. Efficacy of Dental Bleaching with Whitening Dentifrices: A Systematic Review. Int J Dent. 2018 Oct 30;2018:7868531. doi: 10.1155/2018/7868531. PMID: 30510576; PMCID: PMC6232812. 2. Jamwal N, Rao A, Shenoy R, Pai M, Ks A, Br A. Effect of whitening toothpaste on surface roughness and microhardness of human teeth: a systematic review and meta-analysis. F1000Res. 2022 Jan 11;11:22. doi: 10.12688/f1000research.76180.3. 3. Meireles SS, de Sousa JP, Lins RBE, Sampaio FC. Efficacy of whitening toothpaste containing blue covarine: A double-blind controlled randomized clinical trial. J Esthet Restor Dent. 2021 Mar;33(2):341-350. doi: 10.1111/jerd.12605. 4. Vladislavic NZ, Tadin A, Gavic L, Jerkovic D, Franic I, Verzak Z. In vivo evaluation of whitening toothpaste efficiency and patient treatment satisfaction: a randomized controlled trial. Clin Oral Investig. 2022 Jan;26(1):739-750. doi: 10.1007/s00784-021-04052-x. 5. Yilmaz MN, Gul P, Unal M, Turgut G. Effects of whitening toothpastes on the esthetic properties and surface roughness of a composite resin. J Oral Sci. 2021 Oct 1;63(4):320-325. doi: 10.2334/josnusd.21-0044.

Juliana Larocca de Geus
Juliana Larocca de Geus

Doutora em Dentística Restauradora
Pós-doutorado em Odontologia - Endodontia
Professora Colaboradora do Departamento de Odontologia da UEPG
Professora do Mestrado da FACPP
Professora do Aperfeiçoamento e Especialização de Endodontia da ABOPG
Dentista Oficial Temporária do Exército Brasileiro
Responsável técnica da Clínica Be.O